Seminário +TICeará reúne cadeia estadual de tecnologia da informação

24 de agosto de 2015 - 14:56

O evento, que se estende até amanhã, 25, vai sugerir um programa unificado e integrado de ações e políticas de TIC para o Ceará

“Estamos no estágio em que a ciência e a tecnologia são dominantes no processo de desenvolvimento. Por isso, a Secretaria do Desenvolvimento Econômico e a Secretaria da Ciência e Tecnologia (Secitece) vão trabalhar cada vez mais juntos, porque é esse é o caminho para alcançarmos o desenvolvimento econômico e social”. A declaração é do secretário adjunto da SDE, Cláudio Ferreira Lima, na abertura do Seminário +TICeará: Conhecimento, Oportunidades e Desenvolvimento em um só lugar”, na manhã desta segunda-feira, 24, na Assembleia Legislativa do Estado, e que contou com nomes de grande representatividade para o setor, além de autoridades, empresários e comunidade acadêmica, em um auditório com cerca de 500 pessoas.

No Ceará há cerca de mil empresas dedicadas exclusivamente à TIC com bom rendimento. Destas, 10 já faturam mais de R$ 500 milhões. Mesmo assim, há muitos entraves que barram o desenvolvimento da área no Estado e que estão sendo discutidos no evento. A ideia é formalizar um programa unificado e integrado de ações e políticas públicas de TIC para o Ceará.

Os incentivos e os impactos das políticas públicas em Tecnologia da Informação e Comunicação estão sendo debatidos no seminário, que se estenderá até o meio dia desta terça-feira, 25. O assunto fez parte do primeiro painel, com início às 10h30, e teve como palestrantes o diretor do CTI Renato Archer, Victor Mammana, e ainda o representante da Angola Cables – empresa líder em circuitos de voz e dados por cabos submarinos de fibra óptica, Antonio Nunes. Farão parte da mesa o presidente da Etice, Adalberto de Paula Pessoa, o presidente da Citinova, Tarcísio Pequeno, e o presidente da Câmara Setorial de TIC/Adece, Márcio Braga.

Na abertura dos trabalhos, o titular da Secitece, Inácio Arruda, ressaltou a importância do evento para o desenvolvimento do Ceará. “O Ceará tem mais de 1.000 empresas no setor, tem base de conhecimento nas universidades e tem empreendedores dispostos a gerar riquezas no Ceará. Temos de encontrar um modelo adequado para nossas empresas e para as que vêm de fora e queiram se instalar aqui, e o seminário vai trazer propostas de criação desse ambiente”.

A capacidade do estado na área de tecnologia é constatada no número de grandes empresas nas universidades e institutos cearenses. Microssoft, Apple, IBM, Amazon, Sansung, dentre outros, têm o Ceará como grande comprado de tecnologia. “Queremos que elas se instalem e produzam aqui”, disse Inácio Arruda.

O deputado estadual Carlos Felipe, presidente da Comissão de C&T da Assembleia, enfatizou que é preciso mais que o avanço da TIC: é necessário torná-la acessível a todos os cearenses. O parlamentar reconheceu ainda a grande contribuição que o Governo do Estado tem dado para o desenvolvimento deste setor.

Painéis

À tarde desta segunda-feira, serão realizados os painéis que discorrerão sobre Inovação e Desenvolvimento (14 horas) e Estratégias e Oportunidades (16 horas). Instituições como M.Dias Branco, Pague Menos, BSPAR, Secrel, Universidade Federal do Ceará, Instituto Federal do Ceará, Universidade de Fortaleza, Banco do Nordeste, Companhia Siderúrgica do Pecém, Unimed Fortaleza e Lanlink participarão das discussões sobre as potencialidades para o setor com foco em inovação, capital humano e políticas de fomento e incentivo.

O “Seminário +TICeará: Conhecimento, Oportunidades e Desenvolvimento em só lugar” é uma realização da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Estado (Secitece), Secretaria do Desenvolvimento Econômico do Estado (SDE), Câmara Setorial de TIC da Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece), Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova), Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará (Etice) e Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Ceará (Fecomércio).

Programação:

08h30min – Credenciamento

09h – 10h – Solenidade de abertura

10h30min – 12h: Painel I – Políticas Públicas de TIC
Palestrantes:
Victor Mammana – Diretor do CTI Renato Archer
Antonio Nunes – Angola Cables
Debatedores:
Adalberto de Paula Pessoa – Presidente da Etice
Tarcísio Pequeno – Presidente da Citinova
Márcio Braga – Presidente da Câmara Setorial de TIC/ Adece

**Intervalo

14h – 16h: Painel II – Inovação e Desenvolvimento
Painelistas:
representantes do M.Dias Branco, Pague Menos, BSPAR, Secrel, Universidade Federal do Ceará
Moderador: Prof. Antônio de Barros Serra (IFCE)
Relator: Márcio Braga (CSTIC)

16h– 18h: Painel III – Estratégias e Oportunidades
Painelistas:
representantes do Banco do Nordeste do Brasil, Companhia Siderúrgica do Pecém, UNIMED Fortaleza, Lanlink e Universidade de Fortaleza
Moderador: Prof. Joaquim Celestino Junior (UECE)
Relator: Wagner Forte (Fecomércio)

Assessoria de Comunicação
Suzete Nocrato 3444.2901 / 98212.7634
suzete.nocrato@gmail.com