Nicolle apresenta em São Paulo novo ambiente de negócios para o setor de energias renováveis

22 de julho de 2015 - 13:57

Secretária reuniu-se com representantes da Associação Brasileira de Energia Eólica e da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica

A secretária do Desenvolvimento Econômico, Nicolle Barbosa, participou nesta terça-feira, 21, em São Paulo, de reuniões com representantes da Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica) e da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar). O objetivo foi apresentar o “novo ambiente de negócios” que o Ceará está desenvolvendo para o setor de energias renováveis.

“Tivemos uma aceitação muito boa e saio muito confiante destes encontros

de relacionamento”, contou Nicolle. Também participaram das reuniões investidores e diretores de empresas ligadas ao setor de energia que demonstraram interesse no Ceará.

Nas reuniões foi apresentada a infraestrutura positiva que o Ceará possui para o setor de energias renováveis, além de medidas que estão sendo tomadas para promover a atividade no Estado. “Estamos criando um ambiente de negócios mais favorável”, diz a Secretária e cita como exemplo a criação da Secretaria Adjunta de Energia, Mineração e Telecomunicações, ligada à Seinfra. Isso funciona como uma porta de entrada para o investidor.

Plano estratégico

O Governo do Estado desenvolverá um plano estratégico para ser apresentado no próximo mês de setembro, durante o Brazil Windpower maior evento de energia eólica do País, que será realizado entre os dias 1 e 3, no Rio de Janeiro. Na ocasião, o governador Camilo Santana deve lançar o documento como forma de estimular possíveis investidores a apostarem suas fichas no Ceará.

De acordo com a secretária Nicolle Barbosa, o governador encomendou o plano estadual e pediu para concluirmos o mesmo até o fim do mês. O objetivo é recolocar o Ceará na liderança de energias renováveis no Nordeste. “Temos perdido espaço para alguns estados vizinhos, mas não mediremos esforços para recuperarmos nosso posto”.

O documento será desenvolvido pela própria SDE, além da Seinfra (Secretaria de Infraestrutura), Secitece (Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior), Sema (Secretaria do Meio Ambiente) e Sefaz (Secretaria da Fazenda). “Estamos comprometidos com a diversificação das energias

Coordenadora de Comunicação
Suzete Nocrato 85 3444.2907 / 98212.7634
suzete.ncorato@gmail.com