SDE e Secitece discutem estratégias para uma política de TI no Estado

12 de março de 2015 - 20:33

Objetivo é fomentar a atração de investimentos e a maior produção de tecnologias no Ceará.

Com o intuito de unir esforços para a consolidação de uma política de TI no Ceará, o secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Inácio Arruda, esteve reunido com a titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Nicolle Barbosa. O encontro ocorreu nesta quarta-feira (11), na SDE. A Secretária se disse bastante otimista com a possibilidade de um trabalho estratégico com a Secitece visando à atração de investimentos e a maior produção de tecnologias no Ceará. “O uso da ciência e tecnologia pode inclusive colaborar para que as empresas produzam com maior eficiência e qualidade”, destacou.

Inácio apresentou o cenário da C&T no Estado – que já possui uma ambiência à atração de investimentos e produção nesta área. “Já temos universidades e pesquisadores de alta qualidade. Também possuímos uma cobertura de 120 municípios com o Cinturão Digital. Mesmo assim, ainda somos grandes compradores de tecnologia. Precisamos produzir mais”, afirmou o secretário, citando algumas iniciativas na área e elencando ações para fomentar esta produção.

A ideia é envolver nesta discussão as câmaras setoriais, a área de fármacos – que já possui uma estrutura diferenciada com o novo Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos da Universidade Federal do Ceará e o pólo da Fundação Oswaldo Cruz, e o setor de energias renováveis com as vocações do Estado: eólica e solar.

“É necessário envolver a área fiscal e ampliar a capacidade dos fundos de investimento para atrair grandes empresas e também incubar as novas”, completou Inácio. Hoje, o governo dispõe do Fundo de Inovação Tecnológica do Ceará (FIT), do Fundo da Amparo à Pesquisa (FAP) e do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop). De acordo com a secretária Nicolle Barbosa, é preciso um olhar diferenciado para a área, se necessário com a criação de leis de incentivo que apoiem a consolidação da política de TI no Estado. A secretária sugeriu ainda a criação de um grupo de trabalho para iniciar estas discussões. Inácio e Nicolle concordaram na realização de seminários, sediados na Secitece, para envolver todos os atores envolvidos no debate com vistas ao desenvolvimento desta política de TI.

A reunião na SDE contou com a participação do secretário executivo da Secitece, Gilvan Paiva, e do economista Cláudio Ferreira Lima.

Com informações da Secitece.

12.03.15
Assessoria de Comunicação da SDE
85 3444.2907 9909.3843