Produtores criarão fórum permanente da Carcinicultura de Jaguaruana e Baixo Jaguaribe

6 de fevereiro de 2015 - 15:28

Produtores de camarão de Jaguaruana, representantes de entidades e técnicos da Adece (Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará) estivera reunidos agora há pouco, no auditório da Adece, para discutir a criação do Fórum Permanente da Carcinicultura de Jaguaruana.

O objetivo do fórum, segundo o secretário de Administração e Planejamento da Prefeitura de Jaguaruana Rodrigo Mesquita, é debater e encaminhar resoluções que visem o aprimoramento da cadeia produtiva do camarão de Jaguaruana e, posteriormente, de todo o Baixo Jaguaribe. “Somente em Jaguaruana falamos de cerca de 400 produtores entre regularizados ou não, além de toda a cadeia de beneficiamento que poderia estar gerando muitos empregos para a região”, explicou Rodrigo.

Segundo Manoel Gildo de Almeida, presidente da Associação dos Criadores de Camarão de Jaguaruana, atualmente são aproximadamente 2,5mil empregos diretos gerados com a atividade de criação de camarão em Jaguaruana.

O fórum, de acordo com os integrantes da primeira reunião para discutir o formato do encontro, deverá ser propositivo e de execução. “Antes tínhamos vários atores e entidades trabalhando e pensando isoladamente. A ideia agora é articular os esforços e ter um resultado mais efetivo visando o crescimento da cadeia produtiva do camarão no município e região”, disse Wandrey Pires, gerente regional do Sebrae do Baixo Jaguaribe.

Também participaram do encontro o articulador da cadeia produtiva do Camarão e Tilápia da Adece Pedro Lopes, o diretor de Agronegocios da agência Reginaldo Lobo e o articulador da cadeia produtiva do Trigo e Ovinocaprinocultura, Daniel Olinda.

Assessoria de Comunicação
Aécio Santiago
85-3457.3330